O que é, afinal, um podcast?

article featured image

Chegou a hora de entender, sem enrolação, o que é, como funciona e como ouvir essa mídia que ganha cada vez mais popularidade.

This post is also available in: English

O que é um podcast? Respondendo de forma simplificada, um podcast é um programa de áudio ao qual você pode se inscrever utilizando o seu smartphone e ouvi-lo sempre que quiser.

Ok, mas como eles funcionam e como se faz para ouvir esse tipo de conteúdo? Descubra aqui!

Podcasts geralmente são estruturados em uma série de episódios de áudio, todos relacionados a um tema específico, como por exemplo ciclismo, gastronomia, startups, etc. Você pode ser inscrito de podcasts utilizando diversos aplicativos, que comumente chamados de agregadores de podcast (você também poderá ouvir “players” e “apps de escuta”, a verdade é que não existe apenas um nome correto) e ouvi-los sempre que quiser! Pode consumir podcasts nos seus fones de ouvido enquanto está em deslocamento, no carro, ou em caixas de som. É como preferir!

Já sabe o que procura? Aqui vão alguns links* úteis.

* Enquanto ainda estamos construindo o nosso site em português, alguns dos links relacionados estarão em inglês. Aos poucos, iremos atualizando as leituras recomendadas com textos em língua portuguesa.

Podcasts que você já deve ter ouvido falar

Você já deve ter notado que muitas emissoras de rádio (e até de TV!) estão disponibilizando os seus programas também nos agregadores de podcast. Um bom exemplo disso é o programa “Que História É Essa, Porchat?”, do canal GNT. É importante deixar claro que podcasts são muito mais do que a mera publicação do áudio de um programa oriundo de outro meio, seja ele rádio, TV ou Youtube – mas chegaremos nesse assunto daqui a pouco!

No Reino Unido, a BBC Radio 4 transmite semanalmente o programa More or Less: Behind the Stats, dedicado majoritariamente a assuntos de economia. A audiência pode ouvir esse programa pela rádio sempre no mesmo dia e hora, no entanto, para facilitar o seu alcance e audição, a BBC também passou a publicar os episódios dentro do More or Less Podcast.

Cada episódio de podcast contém uma edição do programa e estão todos organizados em lista, no agregador de podcast. Podendo, desta forma, ser acesso a qualquer hora e de qualquer lugar.

Alguns podcasts de sucesso, dos quais você já pode ter ouvido falar, são:

Podcasts não são programas de rádio reaproveitados

O exemplo da BBC Radio 4 deixa claro que programas de rádio podem ser disponibilizados em forma de podcast. No entanto, um podcast não pode ser definido como um programa de rádio reaproveitado ou reestruturado.

A grande maioria dos podcasts consiste em conteúdos completamente originais e pensados primariamente para o formato de áudio.

Embora o formato de mesa-redonda, popularmente chamado de “conversa de bar” seja extremamente popular no Brasil, podcasts devem ser vistos como uma mídia de nicho, que pode se focar nos mais diversos assuntos e que pode ter os mais diversos formatos. Por exemplo:

  • Podem ter qualquer duração,desde uma notícia de um minuto, até uma entrevista aprofundada de três horas;
  • Podem ter qualquer frequência,de diária, mensal ou por temporadas;
  • Podem ser de qualquer formato, desde simples montagens solo, até dramas de áudio multifacetados;
  • Podem abordar TODO O TIPO de tópico, muitos dos quais nunca chegariam à rádio ou às mídias de massa, por serem muito nichados.

Independente da sua área de interesse, com certeza encontrará um programa que se adequa aos assuntos que você gosta e ao seu tempo disponível.

Podcast em vídeo é podcast?

Recentemente, temos presenciado um boom de podcasts que também são disponibilizados com o suporte de vídeo. E a dúvida fica: eles também são podcasts?

O podcasting ganhou força a partir de uma necessidade de conteúdo em segundo plano. Ou seja, algo que possa entreter, educar ou inspirar enquanto realizamos outras atividades rotineiras.

Uma das formas mais comuns para se ouvir é dentro do carro ou enquanto se pratica exercício físico. Recentemente, com a pandemia, ele também se tornou mais presente em atividades caseiras como cozinhar e limpar a casa. Qualquer momento pode ser um momento para o áudio – o que não acontece com o vídeo.

Mas, voltando à questão inicial, o suporte de vídeo pode ser um complemento ao podcast, permitindo que os programas originalmente de áudio possam ser encontrados em outras plataformas, como o Youtube. No Brasil, onde o consumo de podcast ainda está em desenvolvimento, muitos criadores de podcast distribuem o seu conteúdo também na forma de vídeo para atrair uma nova audiência que, com o tempo, poderá fazer uma transição ou adaptação ao áudio.

Se você ainda é novo na cena do áudio, poderá passar por essa adaptação em breve. E garantimos que valerá a pena!


Qual é o som de um podcast?

Ao ouvir um podcast, irá descobrir que muitos deles são bastante familiares. Você provavelmente já ouviu conteúdos semelhantes antes, seja no rádio, na TV ou em canais de Youtube. Por outro lado, também ouvirá podcasts que são completamente novos e diferentes do habitual. Tudo isso graças a liberdade que o podcasting oferece.

A maioria dos podcasts tem como tema um tópico em particular. O apresentador, popularmente chamado de “host”, falará sobre assuntos relacionados ao tema central em todos os episódios. Por exemplo, o tema central poderá ser treino para cães ou algo mais geral como desenvolvimento pessoal.

Normalmente, cada episódio é conduzido por um ou dois apresentadores regulares, que falam sobre esse assunto, e muitas vezes recebem convidados de fora para serem entrevistados.

Muitos podcasts consistem em amigos ou hosts e convidados a conversarem sobre algo do qual eles gostam ou sabem muito a respeito, como cinema, raças específicas de animais de estimação, idiomas, empreendedorismo, etc. Realmente não há limites!

No entanto, enquanto os podcasts de “conversa de bar” entram com força na cena mainstream, outros podcasts mais polidos começam a ganhar terreno e ouvintes fascinados. São podcasts mais robustos, com grande esquema de produção, música original, efeitos sonoros, edição profissional e muito mais.

Os podcasts mais profissionais são ótimos para ouvir, mas levam muito mais tempo e dinheiro para produzir, já que geralmente necessitam de uma equipe e de equipamentos profissionais. Os programas de podcast amadores ou independentes, por outro lado, podem não soar completamente perfeitos do ponto de vista técnico, mas não deixam de ter conteúdo relevante. E com uma produção simplificada, muitas vezes os podcasts mais “simples” conseguem publicar episódios com mais frequência do que os podcasts que requerem mais tempo de produção.

A maioria das pessoas que consome podcast regularmente acaba por ouvir os dois tipos. Acima de fatores como produção, geralmente o que mais pesa é a persona dos hosts e a forma como abordam os tópicos. Muitas vezes, ouvir um podcast é como ouvir uma conversa entre amigos. A experiência é de intimidade e proximidade – o que gera lealdade e confiança. E isso independe do nível da produção e sim dos apresentadores e temas abordados.

Podcast e episódio de podcast: qual é a diferença?

A terminologia pode ser confusa, então vamos decodificá-la!

Um podcast é uma série de episódios e refere-se ao programa como um todo. Então, um episódio de podcast é apenas uma das gravações de todo esse podcast.

Na realidade, é tal e qual como na TV ou na Netflix. Um programa de televisão é composto por uma série inteira de episódios.

Portanto, pense em ‘Friends' como a série e ‘The One where they Got Married' como o episódio. Neste caso, Friends é o equivalente a um podcast e ‘The One Where They Got Married' é o episódio de podcast.

Qual é a diferença entre um podcast e um arquivo de áudio?

Se quiser apenas ouvir podcasts, talvez não seja necessário ler essa parte – a menos que esteja pensando em começar o seu próprio podcast e queira um conhecimento mais aprofundado. Se quiser apenas ouvir, pode acessar o post sobre como ouvir um podcast.

A parte mais complicada da resposta à pergunta “O que é um podcast?” – e onde muitas pessoas ficam confusas, está na diferença entre um simples arquivo de áudio e um podcast.

A explicação mais simples é que um arquivo de áudio e um episódio de podcast podem ser tecnicamente a mesma coisa. Se você baixou um episódio de podcast de um site, estará baixando um arquivo de áudio que contém o podcast. No entanto, a diferença surge quando falamos da experiência de consumir podcasts nos agregadores e se inscrever para ouvir em primeira mão o podcast que gostamos.

Portanto, quando o podcaster utiliza um serviço de hospedagem de podcasts para permitir que as pessoas se inscrevam na sua série de gravações áudio, um conjunto de arquivos de áudio se transformam em uma série de episódios de podcast.

O ato de assinar ou de se inscrever em um podcast acontece graças à hospedagem do podcast em plataformas que distribuem os episódios para todos os aplicativos em que é possível ouvir o conteúdo, como por exemplo, Spotify, CastBox, Apple Podcasts, Overcast, Google Podcasts, Deezer e muitos outros.

Essa distribuição acontece por meio de uma tecnologia chamada RSS (que é a parte mais complicada) e é uma linguagem informática que permite que a sua hospedagem de podcast converse com o canal de distribuição final de podcast.

Basicamente, ao conectar uma hospedagem de podcasts a um aplicativo de escuta (como o Spotify), esse aplicativo irá ler o seu feed RSS e será capaz de disponibilizar os seus episódios para todos os usuários à medida que são lançados.

Portanto, quando utiliza o Apple Podcasts (um aplicativo integrado em todos os iPhones), o Google Podcasts (integrado nos smartphones Android), o Spotify, ou qualquer outro bom aplicativo para ouvir podcasts, irá acompanhar todas as suas assinaturas através dos feeds RSS de cada podcast. O aplicativo irá baixar automaticamente novos episódios à medida que estiverem disponíveis. Isto é muito mais prático do que os arquivos de áudio normais, em que teria de os pesquisar na web e baixá-los manualmente.

O importante é ter em mente que um arquivo de áudio por si só não é nada mais do que um arquivo de áudio. Mas, se transferir este arquivo para uma plataforma e permitir que ele seja distribuído via feed RSS, então ele é um podcast. Mais fácil, não?

O que é um podcast: próximos passos

Agora já sabe o que é um podcast, aqui estão algumas leituras recomendadas.